A Nogueira

Padrão

Vegetação de infância
«Onde está a antiga nogueira cujas raízes
entravam pela água? Sei que os seus ramos se partiam
de cada vez que o ribeiro enchia; que as folhas
se espalhavam pelo tanque, antes de se afundarem,
formando um lodo em que os pés escorregavam;
que o barulho das rãs ecoava na sua copa, enquanto
a noite se agitava com o vento frio que trazia
o outono. Mas de nada me serve este conhecimento,
agora que nada me diz se a nogueira existe, ainda,
nessa margem onde me sentei, ouvindo as rãs
e o vento, sem que me apercebesse do trabalho do tempo
no fundo das raízes. Ou antes: o que ele me dá é
uma inquietação áspera como o sabor das nozes
que se colhiam dessa árvore. Atiro-as para o armazém
da memória onde as sombras se acumulam; e
entro nessa árvore, como se fosse uma casa,
ou como se as suas ramagens se abrissem
num bater de asas impotentes para o voo.»

Nuno Júdice, Teoria Geral do Sentimento .

As nogueiras ficam também muito unidas à minha infáncia.

Ainda lembro a grande nogueira de copa enorme e redonda, plantada por fóra do muro da eira, de onde colhiamos as noces com a casca ainda verde, para as comer assim, com pão de molete, quando mais nos sabiam e melhor se lhe desapegava a pele fininha que tinham por dentro.

As mãos ficavam-nos escuras, quase pretas, com aquela color das cascas verdes que não dava saido dos dedos em semanas.

Quando conseguiamos abrir umha sem romper a casca, logo faziamos barquinhos com elas e punhamo-los a navigar no pilão da horta.

Se reparades na parte interior das noces, no centro da semente, que é o que se come, tem a mesma forma do nosso cerebro. Seguramente será muito bom comer noces para manter o cerebro em forma.

Outra cousa curiosa das nogueiras, é que são muito individualistas. Não existem bosques de nogueiras, que eu saiba. Elas medram junto com outras árvores, ou soas, mas não são nada gregárias.

O nome científico da árvore é , Juglans regia, ademais da sua presência regia, como seu nome diz, e das noces tão sabrosas e nutritivas, é umha árvore rica em substáncias amargas e taninos-os que tinguiam de preto nossos dedos- e as suas folhas, tem um arrecendo suave e perfumado, ademais de ser muito boas para curar feridas, cortaduras, doenças da pele, carafunchos e chagas. Para esso há que as ferver e com a água da cozedura, enchoupar um algodão ou um trapinho limpo e aplicar diretamente na ferida, após de a deixar arrefriar até ficar morna.

A madeira de nogueira, é das mais fermosas, pola sua freva fina, seu colorido, a durez e o fermoso frisado das sua veias…

Anúncios

11 responses »

  1. Dá gusto aprender contigo. Non sabía de que non houbese bosques de nogueiras pero é verdade. Na aldea de miña nai había unha diante da casa, nunha baixada e aí seguiría hoxe se non acabase co ela un raio.
    Por certo, alí chámanlle carrolas ás noces e carroleiras ás nogueiras.
    Un saúdo.

  2. Pois já tinha ouvido o das carrolas, mas agora não me lembrava.
    A respeito do raio, há um dito de velho que diz que a sombra da nogueira não é boa. Que não debes de repousar à sua sombra, porque podes tornar doente.
    Mas pode ser que a crenza se originasse num lostrego que lhe caiu a alguém.
    Pode….

  3. Na casa de miña sogra, no concello de Aranga, ten na horta unha nogueira de casi 60 anos que é unha preciosidade. Tódolos anos comemos unhas noces riquísimas dela.
    Gardo na memoria o cheiro que queda nas mans de coller noces. É moi difícil de lavarse despois, tes razón.

  4. Essas noces são as mais ricas. Logo há outra espécie de noces que não e autóctone. São muito mais grandes, mas não sabem tão bem.
    Chamam-lhe “noces de California” e a árvore não é a mesma.
    São as que vendem nas tendas e super-mercados.

  5. A ÁRVORE NOGUEIRA SEMPRE ME CHAMOU ATENÇÃO. ALEM DE SEU FRUTO SER MUITO GOSTOSO, COMO SEMPRE. EMBORA MUITO CARO AINDA AQUI NO BRASIL MAS, AMO A NOZES. POR SER TBM MEU SOBRINOME PROCURO SEMPRE SABER A ORIGEM DESSE MEU SOBRE-NOME NOGUEIRA. SE VCS AI TIVEREM MAIS INFORMAÇÃOE SOBRE A ORIGEM DESSE NOME NOGUEIRA POR FAVOR ME MANDA, QUE FICAREI MUITO CONTENTE. ACHEI MUITO LEGAL O SEU COMETÁRIO E SUA POESIA. GRANDE ABRAÇO MANDA MAIS VALEU.

    • Boa tarde, as origens desse nome são de Espanha. Havia uma aldeia na galicia que se chamava Nogueira… Nessa aldeia havia um senhor que era da ordem dos Templarios que chamava Nogueira. E de pois muitos descendentes emigraram inclusive Republica dominicana.

      é o que sei

      Christinna Nogueira

  6. Uma certa vez estava conversando com um senhor que tambem tinha o sobrenome Nogueira assim como eu. Ele disse que existia uma Baronesa com esse sobrenome, ela riquissima possuia muitos e muitos bens, e não podia ter filho, porisso ao morrer não deixou nenhum herdeiro sendo assim o governo Frances ( éla era francesa) tomou todos os seus bens para si. Ele tambêm me disse que varios descendentes de Nogueira mantem um processo até hoje em dia, para reaver os bens perdidos, daria para todos os Nogueira viverem bem para o resto da vida. se é verdade? não posso afirmar, mas ai uma informação legal, né não?

  7. Senhor . Nogueira, em frances diz-se “le noyer.”
    Náo vejo como pode um Nogueira reclamar algo por um sobrenome de outro pais e em outra lingua.
    Mas essas leendas e esses contos de grandes fortunas para repartir sempre se escutam por aí, e são muito imaginativos.
    Saudações.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s