A Pre-história

Padrão

Não podemos saber com certeza como era a vida na pre-história, porque não temos documentos escritos, nem videos, nem CDs, nem nada agás as formosas pinturas que nos deixaram no interior das cavernas e as esculturas das deusas da fertilidade, espalhadas por todo o continente europeu e outras fontes das que podemos beber a água do conhecemento não escrito.

As tres fontes onde bebe o conhecemento da prehistória, são:

* Os Mitos

* A Arte

* Os substratos lingüísticos

A través de eles, podemos aproximar-nos à vida dos nossos antecesores neste espaço planetário que agora se nos apresenta pequeno como umha aldeia aos civiliçados “occidentais”

O que sim podemos saber, é que a espiral do tempo, era mais aberta que agora e as mudanças tardavam muito em dar a volta à linha até ir fechando o labirinto.

Esta seria umha espiral do tempo ao revês. Em troques de se fecharem os círculos, abrem-se. Esso é porque representa o transcurso do tempo como umha linha que vem do passado ao presente. Assim, o passado, fica na profundidade.

Mas, tendo em conta que as m a são milhões de anos, vem sendo a mesma cousa.

Agora, as mudanças são tão velozes, que semelha que caemos cada vez com mais aceleração cara o ponto central.

A informação muda tão rapidamente , que não temos tempo de a assimilar. Semelha que esvaramos pola espiral sem saber onde rematará a caida e a onde iremos parar. Qual será o centro do labirinto,já que as voltas, são cada vez mais fechadas e curtas.

Mas o tempo prehistórico, discorria lento, envolto em sonhos e mitos, baixo o império de Psique que, como sabemos, é feminina, dentro do jógo da polaridade existencial.

Também o logos, masculino, comezava a apontar e a dar seus primeiros frutos tecnológicos, mas eram ainda muito lentos e, às vezes, mesmo casuais.

As informações que nos derom nas escolas a respeito desta época, são ao meu ver, um algo inexactas e tópicas.

Segundo o modelo, nas sociedades prehistóricas , os papeis das mulheres e dos homens ficavam separados:

Eles caçavam animais e elas recolhiam frutos e plantas comestiveis, ao tempo que tinham conta dos meninhos.

Se observamos as pinturas rupestres de muitas galerias, como por exemplo as de Tassili, em Algéria, ou as do Levante espanhol, vemos cenas de caçada em família, com os homens, as mulheres e mesmo os meninhos , acosando os animais e colaborando na caçada.

Como vedes, tudo é relativo e depende do que cada quem queira ensinar. Assim é como se criam opiniões, crenzas e até prejuizos, quando o que controla a informação assim o quere fazer.

Bom. Por hoje, já é tarde demais.

Já vos contei o das mulheres caçadoras.

Amanhã, seguimos.

y1p5OG9EkuBw6DD1mj4bCFGX7pmn-4qTgX8jM9UGb3xPTS4gZb2rDbWWHr_8JJjiarh7SsmWh6Agrc

Anúncios

13 responses »

  1. Amei,quem diria que a pré-história era tão legal.
    Através de conhecimentos pré-históricos,pude observar vários detalhes que foram descobertos com inteligência.

  2. Amei o cometerio que vcs fizeram sobre pre-história,são legais e conhecimentos produtivos para o nosso conhecimento e o detalhes das coisas que tem em destaques…….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s