Flores ventureiras V. A Malva

Padrão


al12col1.gif malva, ou malva silvestris, é umha planta que medra em todos os valados, beiras dos caminhos e campos baldios da Galiza. Sua imagem é inconfundível e todos os meninhos e meninhas do rural galego de arredor de cinquenta anos, temos comido algumha vez os “queijinhos”,os frutos da malva redondos, com as sementes bem postinhas arredor, como queijos diminutos. Era por aquel tempo no que tamém comíamos “pisotes” de amoras maduras com umha culher de folha de milho e logo lambíamos a pedra- a de base, e a de pisar-para não perder o suco das amoras que ficava metido entre os interstícios da pedra de grão, que já se sabe que a amalgama de seixo, feldspato e mica, não sempre era uniforme e o suco morado escorria por entre os desníveis.
Quando íamos com as vacas, sempre sabíamos quais eram as pedras dos “pisotes”, polas manchas avinhadas que mostravam. Tamém calculávamos com bastante bom critério a data em que o “pissote” fora feito e degustado.
Bom, pois tudo isto, foi porque as malvas evocaram as minhas lembranças infantís e para garantir que não têm toxicidade. Os frutos, garantido pola minha pessoa.

Segundo as informações da minha avoa, os banhos de assento com água de malvas -a água de ferver as flores da malva- eram muito bons para o pruído das partes assentadas.
Tamém para lavativas de limpeza e desinfecção do intestino.
A malva é umha planta que contêm muita mucilagem, essa substância gomosa que se encontra nos vegetais, e na malva dumha maneira especial muito abondosa.
Agora vou com o que dim os entendidos. Isto não posso o garantir, mas é informação que, em tudo caso, se deve de contrastar e consultar com que saiba por ter estudado o tema:

PROPRIEDADES MEDICINAIS DA MALVA
Emolientes: sempre que tenhamos grãos ou furúnculos, chagas, ulcera ou qualquer tipo de lesão na pele, as propriedades o mucílago contido nesta planta servirá para os ablandar. ( Cataplasma da planta mole machucada sobre a parte da pele afetada) (Também nos eczemas é muito conveniente aplicar uma compressa fria com a decocción de umha mancheia de folhas secas e flores por litro de água)

Cuidado dos olhos: Com o chá da planta seca pode-se realizar um colírio natural que sera muito útil em caso de ressecamento ocular.

Anticatarral,béquica, pectoral, garganta : . Rica em mucílagos, resulta ideal, pelas suas propriedades emolientes, para suavizar as mucosas do aparelho respiratório. Utiliza-se nas afecções dos processos respiratórios como tosse, especialmente de natureza seca, catarros, dor no peito, afonia, rouquidão, sibilancia, etc. . ( Chá durante 5 minutos de uma colherada de flores com duas folhas de eucalipto. Um par de xícaras a dia ) ( Em uso externo realizar gargarismos com esta preparação) ( gargarismos com a decocción das flores e folhas secas para a dor de garganta)

. (Chá durante 10 minutos de duas colheradas de folhas secas por xícara de água – dor no peito. Para aumentar seu valor protetor pode-se tomar com mel.)

Prisão de ventre: ( Decocción durante 20 minutos de 30 gr. de flores e folhas secas por litro de água. Tomar 3 xícaras por dia)

Inflamações da boca: ( Enxágües com a decocción durante 10 minutos de uma colherzinha de flores por xícara de água.)

PROPRIEDADES ALIMENTÍCIAS DA MALVA

A malva também pode consumirse como alimento. Conhece-se desde tempos históricos, pois já foi muito utilizada pelos Gregos e os Romanos, que a consumiam abundantemente misturada com outras verduras. A parte dos valores medicinais vistos anteriormente, é uma planta muito rica em vitaminas A, B, C, e E.

PROPRIEDADES COSMÉTICAS DA MALVA
Pelas suas propriedades emolientes, é muito utilizada em cosmética.

Tônicos faciais: Podem-se elaborar compressas para colocá-las sobre o rosto com a decocción de um punhado de folhas secas por litro de água. O líquido que resulta de ferver umha mancheia de flores também constitui um bom tônico facial.

Colheita e conservação: A primavera é a melhor estação para colher as flores antes que se tenham aberto. As folhas devem apanhar-se quando a planta se encontre bem florescida na primavera ou verão. Guardá-las em um recipiente seco e hermético.

Bem. Pois espero que gostasses da malva. Umha flor humilde, mas muito beneficiosa, polo que se ve.
Outro dia, mais.

flower60_1.gif 2472_animado.gif

Anúncios

9 responses »

  1. Desculpa, estou a desfrutar lendo por riba o teu blogue 🙂 esta non é a que en castelán chaman “achicoria”?

  2. Que alegría, encontrar por aquí a umha amiga!
    Há tempo que tenho o blogue abandonado. A ver se a tua visita me fai remontar o vóo de novo.
    Não.
    O que em castelhando se chama achicória, em galego chama-se chicória e é outra espécie diferente.
    Ouro dia podo falar dela.

  3. Si por favor, podías falar dela e resolver a miña dúbida se non te importa, sempre pensei que esta era a que en castelán lle chamaban achicoria.

    Gústame teu blogue, póñolle nome a prantas que non sabía cómo se chamaban.

    Beijinhos

  4. Planta simples, maravilhosa, actuante em enfermidades do estomago, duodeno , intestinos. Confirmo por experiencia propria.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s